• NOTICIAS

      22/10/2017 | Reviva o Rio Atibaia - 20 anos

      REVIVA O RIO ATIBAIA completa 20 anos de mobilização em defesa da Área de Proteção Ambiental de Campinas e do Rio Atibaia.

      O Reviva o Rio Atibaia é o movimento ambiental de maior longevidade no Interior de São Paulo.  Em 2017 completa 20 anos de atuação em defesa do Rio Atibaia e da Área de Proteção Ambiental de Campinas. É realizado pela Jaguatibaia - Associação de Proteção Ambiental e MSD que instalou sua fábrica no distrito em 1958. Desde 1977 conta também com o apoio da Associação de Remo de Sousas, Prefeitura de Campinas e subprefeitura de Sousas.

      A ação comemorativa dos 20 anos acontecerá no próximo domingo, dia 22 de outubro, na Praça Beira Rio, distrito de Sousas, entre 9h e 13h.

      Crise hídrica ainda é uma ameaça não só na RMC, mas em todo o Estado.

      Por isso, o evento de domingo irá promover diversas atividades de conscientização com o objetivo de demonstrar a importância e a responsabilidade dos poderes públicos e de cada habitante da Região Metropolitana de Campinas (RMC) para a sustentabilidade da Área de Proteção Ambiental – APA Campinas, de seus mananciais hídricos e do consumo consciente da água.

      Além disso, exposições técnicas produzidas a partir de pesquisas em andamento realizadas pela Jaguatibaia Associação de Proteção Ambiental e parceiros como a EMBRAPA Meio Ambiente e a UNICAMP, mostrarão um cenário geral da situação atual, perspectivas e sugestões de ações para reverter esse quadro. A Associação de Remo realizará a tradicional barqueata demonstrando que ainda o rio sofre com a poluição e o lixo.

      Estudo quer demonstrar que região pode depender menos do Cantareira.

      De acordo com o eng. agrônomo José Carlos Perdigão, da Jaguatibaia, a entidade irá apresentar os resultados preliminares do projeto “Conhecendo as águas da APA”, uma iniciativa da Jaguatibaia que conta com a participação da Unicamp através do Depto de Recursos Hídricos - FEC e da EMBRAPA Meio Ambiente - Hidrobiogeoquímica de Bacias Hidrográficas. Este projeto, já em andamento, quer decifrar a dinâmica hídrica da APA de Campinas. Atualmente já estão sendo realizadas medições de vazão, de parâmetros físicos, químicos e biológicos de suas águas, coletas de organismos aquáticos e observações sobre a fauna e flora do entorno dos locais de estudo.

      As medições serão realizadas por um período mínimo de 24 meses. De acordo com Perdigão, “pela primeira vez teremos condições de analisar dados obtidos em bases científicas, que nos auxiliarão na predição e prognóstico do real potencial de contribuição que existe nos mananciais da APA de Campinas para o rio Atibaia, vital para o abastecimento desta região”. O eng agrônomo explica que o resultado desse estudo científico servirá “como referência para avaliarmos o quanto Campinas poderá ficar independente do Sistema Cantareira se fizer sua “lição de casa”. ou seja, se trabalhar incansavelmente para restaurar suas APPs por curso d’água, por declividade e de topos de morro, adequar as Reservas Legais das propriedades rurais à Legislação Ambiental Vigente e contar com a contribuição indispensável do poder público, em todos os níveis e de modo efetivo, na implantação de práticas conservacionistas em cada m² desta região”, diz o ambientalista da Jaguatibaia.    

      Para o laboratório farmacêutico MSD que tem sua fábrica em Sousas desde 1958, a preservação dos recursos naturais, com base no desenvolvimento sustentável, merece a atenção da empresa em todas as comunidades onde está instalada no mundo. Para isso orienta a condução de seus negócios de forma a proteger o meio ambiente e garantir a segurança e a saúde de seus colaboradores, comunidades e público em geral. A MSD é corealizadora do Reviva o Rio Atibaia desde sua primeira edição em 1997 e será responsável por uma exposição demonstrando como a indústria, por meio de soluções tecnológicas e atuação consistente, consegue a harmonia entre o seu negócio e o meio ambiente.
       

      Um domingo dedicado à Educação ambiental para sensibilização e engajamento da população por meio de atividades para toda a família.

      Barqueata

      Integrantes da associação de Remo de Sousas irão realizar uma limpeza simbólica do Rio Atibaia. O lixo será exposto na praça, com informações sobre o tempo de decomposição dos diversos materiais. A Barqueata já retirou do rio, em anos anteriores, sofá, fogão, microcomputador, caixas d’água, quadros, cadeiras, pneu de trator, além de milhares de garrafas Pet, sacos plásticos e isopor.

      O objetivo da ação é simbólico e não visa quantidades, mas sensibilizar a população sobre como o rio é maltratado e estimular a sua preservação. De acordo com os remadores da Associação de Remo de Sousas, para quem rema no Atibaia, é perceptível a redução do lixo jogado no rio nos últimos anos, em razão dessa campanha.

      Distribuição de Mudas

      Mudas produzidas no Viveiro Jaguatibaia, de frutíferas nativas da Mata Atlântica o Bioma original da nossa região serão distribuídas acompanhadas orientações sobre o plantio e de suas características. Mudas como Araçá roxo, Grumixama, Uvaia, Pitanga e Jabuticaba.

      Maquete Dinâmica

      Instrumento pedagógico desenvolvido pela Jaguatibaia que revela de forma simples e objetiva a importância da cobertura florestal na preservação dos corpos d’água, na manutenção da disponibilidade hídrica e na conservação da biodiversidade.

      Arte e Ciência na Praça, com a animação dos Personagens Peixoto e Cascudinho.

      O mascote do Reviva o Rio Atibaia, Peixoto, e seu fiel companheiro, Cascudinho, prometem agitar a garotada com suas performances. Uma área montada com uma lupa para observação dos organismos que existem em nossas águas irá demonstrar à população a importância da água para a saúde e também estimular o interesse pela ciência

      Um espaço dedicado às crianças com jogos e brincadeiras, pintura de rosto, escultura de bexigas, desenho e pintura, oficina de pipa e de Mangá são as novidades esse ano, além de outras brincadeiras tradicionais.

      Além disso, cada criança receberá um pequeno recipiente, substrato e pequenas mudas de espécies nativas com orientação para plantar e cuidar.

      Árvore do Saber

      Livros infantis pendurados em uma árvore com um grande tapete para que pais e filhos possam desfrutar da Árvore do Saber.

      Espaço Saúde e Qualidade de Vida

      Exames gratuitos avaliando a taxa de glicemia (que identifica a tendência ao diabetes) pressão arterial e análise do IMC – Índice de Massa Corpórea. Após cada resultado os participantes são orientados sobre as atitudes essenciais para uma vida saudável.

      Exposição Fotográfica: Olhares sobre a APA

      Coletânea de imagens de fotógrafos sobre o Rio Atibaia e o patrimônio ambiental, histórico, cultural e arquitetônico da APA além de reportagens dos principais jornais da cidade. Histórico do Movimento Reviva o Rio Atibaia


      Circuito Ambiental

      Atividades de educação ambiental, organizadas em um circuito para demonstrar de forma pedagógica e de fácil compreensão os conflitos pelo uso da água, a baixa disponibilidade deste recurso em nossa região, à íntima relação entre as árvores e matas com a disponibilidade de água, bioindicadores da qualidade da água, metodologias para restaurar os processos de produção de água, consumo responsável. E finalizando com uma ação prática de plantio em vaso de cerâmica que poderá ser customizado no local por cada família que participar do circuito.

      Boas Práticas

      A MSD, empresa que tem sua fábrica instalada às margens do Rio Atibaia desde 1958, apresentará uma exposição institucional com imagens históricas da fábrica e de Sousas, os projetos de responsabilidade social que realiza no Brasil e no mundo e as práticas de gestão ambiental responsável da fábrica em Sousas, considerada um modelo de convivência harmônica e de respeito com o meio ambiente.

      Meio ambiente numa experiência de Vídeo com a tecnologia 360°: 

      Promete ser mais uma sensação do evento. Através de uma óculos 3D, a pessoa poderá girar a cabeça e olhar para onde quiser, interagindo com a imagem e ter  a sensação de estar presente no local, sem sair do lugar. Uma experiência única!

      No  Reviva o Rio Atibaia os participantes poderão fazer uma experiência em vídeo 360° através dos óculos de realidade virtual, visitando locais degradados e preservados, entendendo de perto a importância das matas ciliares (Áreas de Proteção Permanente - APP) para a saúde do Rio Atibaia e os benefícios à população.

      A atividade está sendo proposta voluntariamente pela empresa Virtual Home especializada em  conteúdo de vídeo, foto e maquete eletrônica 3D com a tecnologia 360° para internet e realidade virtual.

      Assim o conteúdo pode ser visto em tablets, computadores, smartphones e óculos de realidade virtual,  em qualquer lugar.

      Contatos: E-mail: contato@virtualhome.me e leandro@virtualhome.me | Fone: (19) 3368-9351 – Fone/ Whatsapp: (19) 99211-1636 |Site: www.virtualhome.me





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •