• COBERTURAS


      19/07/2017 | Ciesp-Campinas - Indicadores de junho
      Local: Rua Padre Camargo Lacerda, 37
      Cidade:
      Cobertura por: Augusto Barretto

      A diretoria do Ciesp-Campinas mostrou o comportamento das indústrias associadas da região, na Pesquisa de Sondagem Industrial de Junho de 2017,  incluindo o Nível de Emprego e Balança Comercial Regional, com importações e exportações da indústria. Entidade fez balanço do primeiro semestre do ano e mostra as perspectivas para os próximos seis meses, nesta coletiva as apresentações foram realizadas por José Henrique Toledo Corrêa, Anselmo Riso e José Augusto Ruas da Facamp

      O nivel de emprego das indústrias associadas ao Ciesp-Campinas, em junho fechou em 900 demissões.
       

      A sondagem industrial de junho/2017,mostra que os respondentes nas vendas 40% declaram resultados inferior, na produção 45% permaneu inalterada, numero de funcionarios 60% estável, os custos 75% ficou inalterado, em investimentos 75% não investiram e 55% não irá investir nos próximos 12 meses.

      Com as reformas trabalhistas a expectativa é que se criem 2 milhões de empregos em 2 anos.

      O comércio exterior em junho de 2017 na região atendida pelo Ciesp-Campinas apresentou saldo deficitário de US$ 518,3 milhões dentro de uma expansão de exportações de 17,3% e aumento de importações em 18,6%, assim a corrente de comércio exterior, na comparação mensal entre 2016 e 2017 apresentou um aumento de 18,2%.

      O vice-diretor do Ciesp-Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, afirmou que embora os números não sejam positivos, a diminuição no ritmo do desemprego na indústria regional, traz um alento para os próximos meses. “Sabemos que sazonalmente o segundo semestre sempre é melhor, em razão do pagamento das parcelas do 13º salário, por parte das empresas, o que sempre anima a economia, mesmo sabendo do alto grau de endividamento das pessoas físicas”. O representante do Ciesp-Campinas também ressaltou que mesmo com todos os  “sobressaltos políticos” dos últimos meses, parece que a economia tem procurado seguir o seu próprio curso. “Esperamos que isso se mantenha nos próximos meses”, acrescentou.

      O diretor do departamento de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, Anselmo Riso, afirmou que a corrente de comércio exterior (a soma das exportações e importações) registrou US$ 1,1 bilhão em junho, contra US$ 900 milhões no mesmo mês de 2016, representando assim um aumento de 18,2% no fluxo de comércio exterior. Já as exportações em junho foram US$ 300 milhões e as importações US$ 800 milhões, resultando em um saldo negativo de U$ 500 milhões.

      O economista da Facamp, José Augusto Ruas, afirmou que pelos dados apontados na Sondagem Industrial, a produção, as vendas e o nível de utilização da capacidade instalada da indústria regional registraram redução em junho. Ainda conforme Ruas, os dados apontam que o atual cenário econômico e político, inviabiliza o planejamento de longo prazo, entenda-se investimento, por parte das empresas.

      A Regional Campinas do Ciesp abrange 429 empresas associadas, distribuídas em 19 cidades da  região. Essas indústrias conjuntamente faturam R$ 37,67 bilhões ao ano e empregam 83,98 mil colaboradores.




  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •