• COBERTURAS


      22/08/2018 | CIESP Campinas - Indicadores
      Local: Rua Padre Camargo Lacerda, 37
      Cidade:
      Cobertura por: Augusto Barretto

      CIESP-CAMPINAS

      APRESENTAÇÃO DE PESQUISAS DA INDÚSTRIA REGIONAL

                                                                       
      A diretoria do Ciesp-Campinas mostra o comportamento das indústrias associadas da região, na Pesquisa de Sondagem Industrial de Julho de 2018 que apresentou saldo positivo de 1,1 mil contratações. Cenário bem diferente das 1,45 mil demissões do mês anterior (junho). No acumulado dos sete meses do ano o saldo é de 2,25 mil contratações. Diante disso a expectativa é positiva para os próximos meses? Na avaliação do diretor do Ciesp-Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, embora o segundo semestre tradicionalmente seja mais aquecido pela proximidade com as vendas de final de ano, na conjuntura atual com economia desaquecida, dólar em alta e  indefinições nos rumos da campanha presidencial, as incertezas devem predominar nos próximos meses.

      A diretoria do Ciesp-Campinas também manifestou preocupação com a operação padrão dos auditores fiscais da Receita Federal no aeroporto de Viracopos, em Campinas, que vem ocorrendo nas últimas semanas. Essas paralisações, que também acontecem no aeroporto de Guarulhos e porto de Santos, estão atrasando a liberação de cargas, o que acaba causando prejuízos para as empresas. Na avaliação da entidade, esse movimento também está prejudicando as exportações da indústria regional. O Ciesp conseguiu para as indústrias associadas, liminares para a liberação de cargas em Guarulhos e Santos. Para o aeroporto de Viracopos a entidade ainda não conseguiu essa liminar.

      Com relação à Sondagem Industrial, o economista da Facamp, José Augusto Ruas, afirma que o cenário é de aumento na produção da indústria regional em julho (29,4% maior que no mês anterior) em comparação com as vendas (23,5% maior). “Poderemos verificar melhor esse comportamento nos próximos meses. Já com relação aos custos, foram moderados na avaliação das empresas, o que não deverá ocorrer nos próximos meses em função da inflação”. O professor da Facamp avalia que as oscilações na economia devem ocorrer até o final do ano. A Sondagem Industrial ainda aponta um cenário incerto no que se refere aos investimentos de longo prazo por parte das empresas.

      A diretora adjunta do departamento de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, Carmem Pavin, apresentou os números da balança comercial da indústria regional em julho – exportações de US$ 257,6 milhões e importações de US$ 916,7 milhões. O déficit no mês foi de US$ 659,1 milhões. A corrente de comércio exterior (somas das importações e exportações) foi de US$ 1,174 bilhão. A corrente de comércio exterior na comparação mensal (julho) entre 2017 e 2018 apresentou elevação de 1%. A principal pauta de exportações da indústria regional é de máquinas, aparelhos mecânicos e suas partes, seguida de veículos e suas partes. Em relação às importações, o grupo com maior participação é o de máquinas e aparelhos eletroeletrônicos, seguido do grupo de produtos químicos.

      A Regional Campinas do Ciesp abrange 429 empresas associadas, distribuídas em 19 cidades da região. Essas indústrias conjuntamente faturam R$ 37,67 bilhões ao ano e empregam 83,98 mil colaboradores.

      A apresentação aconteceu na sede da entidade (Rua Padre Camargo Lacerda, 37 - bairro Bonfim, em Campinas).




  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •