• Gastronomia

      23/11/2018 | Dengo no Iguatemi Campinas

      Dengo inaugura primeira loja em Campinas, no Iguatemi

      A 6ª unidade da marca aposta em uma tela e óculos em realidade virtual que exibem filmes para transportar o consumidor até uma colheita de cacau na Bahia

      O portfólio é assinado pela chocolatière Luciana Lobo e destaca o primeiro panettone Dengo, além dos bombons com frutas brasileiras, as "pepitas" e os "quebra-quebras", marcas registradas da Dengo

      A Dengo, marca brasileira de chocolates e cafés de origem, inaugura primeira loja em Campinas, no Shopping Center Iguatemi Campinas, nesta quinta-feira, 22 de novembro. O espaço aposta na tecnologia para aproximar os consumidores dos produtores de cacau, exibindo em óculos de realidade virtual e em uma tela acoplada a uma estante, filmes sobre a colheita do fruto.

      O óculos de realidade virtual (RV) presente na loja mostra um filme inédito do diretor Tadeu Jungle – que dirigiu o primeiro documentário brasileiro em RV - "Uma viagem à terra do cacau" – e transporta o consumidor para a região de Ilhéus (Bahia). Durante aproximadamente quatro minutos, é possível ver todo o processo cuidadoso de transformação do cacau, desde a Cabruca (área de cultivo do fruto) até os chocolates chegarem nas lojas - cultivo, produção e mostrando também as pessoas que "vivem da terra" e se orgulham desse trabalho.

      Com 40m2 e instalada em uma das esquinas mais movimentadas do shopping, no Piso 1, o projeto arquitetônico foi conceituado pela sócia Samira Farah Leal e tem base em madeira, marcenaria sofisticada, além de iluminação baixa com tom amarelado, criando um ambiente aconchegante, como se fosse uma casa. Um balcão também convida o cliente a se sentar para degustar os cafés da marca. Grandes gavetas de vidro expõem quebra-quebras e ao fundo, um aquário com as pepitas.

      Nas prateleiras da loja estão os chocolates desenvolvidos por Luciana Lobo sem adição de essências, aromas ou químicos desnecessários e nenhum tipo de gordura hidrogenada. O açúcar é empregado com muita moderação e quando necessário, é orgânico e de alta qualidade. "Mais cacau, menos açúcar é nossa bandeira", diz a chocolatière.

      Outra novidade da loja é a primeira linha de panetones da Dengo, com dois sabores tipicamente brasileiros: recheado com cremosa gianduia de castanha de caju (700g/R$ 94) e cupuaçu com gotas de chocolate 50% cacau e cobertura de castanha (500g/R$ 76).

      As tradicionais barras têm seis variações de teor de cacau, de 36% a 75%, além de uma versão sem açúcar, todas com origem especificada, apresentando fotos e informações sobre cada produtor. Os bombons são recheados com frutas brasileiras, também cultivadas pela rede de produtores da Dengo, como cupuaçu, jabuticaba, cajá e caju, entre outras opções sazonais.

      Destaques da marca, as "pepitas" são amêndoas do cacau torradas, caramelizadas e drageadas, com coberturas variadas, como pó de cacau ou açúcar mascavo. Já os "quebra-quebras" são grandes placas de chocolate com recheios como banana ou abacaxi com coco, que são "quebradas" de acordo com o tamanho (ou peso) solicitado pelos clientes.

      Ensei Neto responde pela consultoria de cafés da Dengo. Em diferentes blends de origem, eles são comercializados em grãos ou moídos em embalagens de 250 gramas e também surgem em forma de drágeas com chocolate ao leite ou amargo.
       

      PONTE ENTRE O PRODUTOR E O CONSUMIDOR

      A Dengo aproxima pequenos e médios produtores de cacau (sul da Bahia) e de café de alta qualidade ao consumidor final. Tendo como principais investidores Guilherme Leal, um dos fundadores da Natura, e Samira Farah Leal, a marca foi desenvolvida como um negócio de impacto social por Estevan Sartoreli, que atuou por 12 anos no marketing da multinacional de cosméticos.

      Com o compromisso de capacitar o produtor rural e pagar o melhor preço no mercado brasileiro para as amêndoas e grãos de qualidade, a Dengo tem por objetivo melhorar a reputação do cacau e do café nacionais e contribuir para a transformação da vida das pessoas que se dedicam ao seu cultivo, mostrando que eles podem "viver da terra" e se orgulhar disso.

      Com uma rede integrada, que elimina intermediários, a Dengo já tem mais de 120 produtores conectados. "É possível fazer diferente e criar modelos sustentáveis que compartilham valor em sua cadeia", afirma Sartoreli, acrescentando que o produtor recebe mais pelo cacau de qualidade que entrega.

      Além de valorizar o cultivo responsável, a empresa também propaga o consumo consciente. A venda de produtos a granel, por exemplo, diminui o uso de embalagens. As amêndoas do cacau que se quebram durante o descascamento manual são trituradas e comercializadas como "nibs" e a própria casca é utilizada para o preparo de chá. "O processo se dá com um pensar nos detalhes. Por isso, Dengo", diz o gerente-geral.

       

      DENGO

      Iguatemi Campinas - Av. Iguatemi, 777, Piso 1, Campinas

      Pátio Higienópolis - R. Dr. Veiga Filho, 133, Piso Pacaembú, São Paulo

      Morumbi Shopping – Av. Roque Petroni Júnior, 1089, Piso Térreo, São Paulo

      JK Iguatemi – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041, Piso 2, São Paulo

      Iguatemi Alphaville – Al. Rio Negro, 111, Piso Tocantins, Barueri

      Village Mall – Av. das Américas, 3900, Piso L2, Rio de Janeiro

      Mais informações: maisdengo.com.br/

      facebook.com/dengochocolates/| instagram.com/dengochocolates/



  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •